Entrevista com César Carvalho

 

Cesar Carvalho nasceu em Salvador/Bahia, tendo já realizado várias exposições em Salvador e São Paulo e participado  com uma escultura de ferro (Jacaré do Rio Tietê) em uma novela da rede Globo, e recentemente  com um painel nas avenidas em mosaico "Arte na rua".  O artista concedeu esta entrevista virtual ao Artenarede em fevereiro de 2003.


 

Artenarede: O que veio primeiro: a pintura ou a escultura?
César Carvalho:
Pinto desde o primário e sempre ganhava o primeiro lugar na turma.

 

'Procuro inovar com diferentes técnicas...'

 

AR: Você se enquadra em algum gênero?
CC:
Sou mais voltado à arte nova, digo, procuro inovar com diferentes técnicas.

 

AR: Qual (is) o seu tema preferido? Por que?
CC:
Figuras humanas.

 

 

AR: Com que técnica ou material você se identifica mais? Por que?
CC: Com ferro principalmente. Sucata de ferro é mais gratificante  do que comprar uma barra de ferro nova; na sucata vejo peças, ou barras de ferro usadas, que  um dia tiveram  utilidade, daí  vem uma idéia de criar uma escultura.

'Ao criar uma escultura dou vazão a minha
criatividade, como se fosse parte de mim,
sinto-me realizado...'

AR: Quando você pinta ou esculpe, que objetivo você quer atingir?


CC: Ao criar uma escultura dou vazão a minha criatividade, como se fosse parte de mim, sinto-me  realizado. E na pintura é muito gratificante.


AR: Você gosta de expor? Qual sua expectativa nas exposições?
CC:
Sim  é uma oportunidade que tenho em mostrar novos trabalhos.


AR: Entre as suas obras, você elegeria alguma que tenha mais significado para você? Por que?
CC:
Todas representam muito, é como filho...
 

AR: Que meta(s) você tem para este ano?
CC:
São muitas. Pretendo realizar uma exposição mostrando o meu novo trabalho, com esculturas em ferro, pinturas, e criar um painel em mosaico no Hospital Santo Antonio, em Salvador.

 

AR: Algum projeto a longo prazo?
CC:
Divulgar mais o meu trabalho em outros estados.

 

'Vejo a Internet como um meio de comunicação
visual rápido e sem fronteiras, livre independente
de nome desconhecido ou famoso, sem preconceito
de cor, raça, ou posição social, visto no mundo
global...'

AR: O que significa a Internet  para você? E para o seu trabalho?
CC:
Vejo como um meio de comunicação visual rápido e sem fronteiras, livre independente de nome desconhecido ou famoso, sem preconceito de cor, raça, ou posição social, visto no mundo global. Minha Arte.

 AR: Você acha que o Artenarede tem ajudado você a divulgar o seu trabalho? Por que?
CC:
O Artenarede  surgiu para divulgar  nossa arte, acolhe os artistas de maneira simples e objetiva que encontrei, com as portas abertas aceitando trabalhos do mais simples ao acadêmico. Valoriza nossos trabalhos.

 

 

AR: Esteja à vontade para acrescentar alguma coisa que você achar importante e que não foi perguntado.
CC:
Agradeço a Deus por ter me dado a visão, pois sem ela  não poderia retratar o que ele nos deu ; as cores...

 
Clique e leia comentários sobre esta notícia ( 1 )

Home - Quem somos - Obras - Regulamentos - Faq's - Fale conosco
Como anunciar - Artistas - Mural - Jogos - Link's - Livro de visitas
www.artenarede.com © 2008