Arquivo da categoria: Arte religiosa

Nossa Senhora Aparecida

Nossa Senhora. Nossa Senhora Aparecida. Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Padroeira do Brasil.  E também das grávidas e recém-nascidos, dos rios e mares, do ouro, do mel, da beleza, dos rodeios, dos peões e dos vaqueiros.

Tudo isso sendo mulher. E negra.

Aparecida_GersonPortella

Nossa Senhora Aparecida, mosaico de Gerson Portella

Muitos foram os artistas que representaram esta mulher. A mais venerada brasileira.

Aparecida_Djanira

Nossa Senhora Aparecida, de Djanira

Cabe neste post, sem dúvida, a letra da música “Nossa Senhora“, de Roberto Carlos:

Aparecida_Aleijadinho

Nossa Senhora Aparecida, de Aleijadinho

Cubra-me com seu manto de amor
Guarda-me na paz desse olhar
Cura-me as feridas e a dor me faz suportar
Que as pedras do meu caminho
Meus pés suportem pisar
Mesmo ferido de espinhos me ajude a passar

Se ficaram mágoas em mim
Mãe tira do meu coração
E aqueles que eu fiz sofrer peço perdão
Se eu curvar meu corpo na dor
Me alivia o peso da cruz
Interceda por mim minha mãe junto a Jesus

 

Aparecida_RomeroBritto

Nossa Senhora Aparecida, de Romero Britto

Nossa Senhora me dê a mão
Cuida do meu coração
Da minha vida do meu destino
Nossa Senhora me dê a mão
Cuida do meu coração
Da minha vida do meu destino
Do meu caminho
Cuida de mim

Aparecida_AndrezaKatsani

Nossa Senhora Aparecida, de Andreza Katsani

Sempre que o meu pranto rolar
Ponha sobre mim suas mãos
Aumenta minha fé e acalma o meu coração
Grande é a procissão a pedir
A misericórdia o perdão
A cura do corpo e pra alma a salvação

Aparecida_AntonioPoteiro

Nossa Senhora Aparecida, de Antonio Poteiro

Pobres pecadores oh mãe
Tão necessitados de vós
Santa Mãe de Deus tem piedade de nós
De joelhos aos vossos pés
Estendei a nós vossas mãos
Rogai por todos nós vossos filhos meus irmãos

Aparecida_RonaldoMendes

Nossa Senhora Aparecida, de Ronaldo Mendes

Nossa Senhora me dê a mão
Cuida do meu coração
Da minha vida do meu destino
Do meu caminho
Cuida de mim

Bendita seja a diversidade! Assim como a natureza assume a forma de cada folha que possa existir, a fé também se expressa na criação de cada um de nós…

 Autor: Catherine Beltrão

22 de julho: os mistérios de Maria Madalena e Edith

Hoje, 22 de julho, dois mistérios estão sendo desvendados: o verdadeiro rosto de Maria Madalena e o verdadeiro nome (completo) de Edith Blin.

Edith_Madalena_reconstituicao2

Rosto de Maria Madalena, reconstituído em 3D.

Maria Madalena foi descrita no Novo Testamento como uma das discípulas mais dedicadas de Jesus Cristo. Venerada pelas Igrejas Católica, Anglicana e Ortodoxa, sua festa litúrgica é celebrada a 22 de julho.

O rosto de Maria Madalena, que segundo a Bíblia foi uma das primeiras pessoas a ver Jesus após a ressurreição, teve sua face reconstruída a partir do próprio crânio. A imagem, recriada utilizando técnicas em três dimensões, foi feita por dois brasileiros: Paulo Miamoto,  especialista em odontologia e antropologia forense, e o designer Cícero Moraes. O projeto está sendo apresentado oficialmente ao público hoje, dia 22 de julho de 2015. Para mais informações, acesse aqui. (Matéria apresentada no programa Fantástico da Globo em 19.07.2015, com vídeo de 5:36)

Edith_atriz2

Edith Jeanne Marie Madeleine Blin, nos anos 20 do século XX, quando atuava como atriz de teatro.

Edith Blin (1891-1983), pintora francesa, nasceu na pequena cidade de Pontorson, frente ao Mont Saint-Michel na Normandia, em 22 de julho. Nome completo de solteira: Edith Jeanne Marie Madeleine Blin.

Quando lhe perguntavam por que seu nome era tão extenso, Edith explicava: parte do nome se devia ao fato de ter nascido no dia da santa Maria Madalena: 22 de julho.

Mas, até hoje, pouquíssimas pessoas tiveram conhecimento de seu nome completo. E hoje pode ser que eu, sua neta, seja a única a saber disso. Daí a importância de desvendar esta relação Edith-Maria Madalena.

Em seus 40 anos de pintura, Edith pintou algumas Madalenas. Sempre ligadas ao sofrimento. Uma delas é apresentada abaixo.

Edith_OsofrimentodeMadalena

“O sofrimento de Maria Madalena”, de Edith Blin. Década de 50, ost, 80 X 65cm

 

É claro que a notoriedade de santa Maria Madalena é infinitamente maior do que a da pintora Edith Blin. É claro que a notícia do rosto de Maria Madalena sendo desvendado é muito mais chamativa do que o nome completo de Edith Blin ser composto também por Marie Madeleine. Mas o registro das duas notícias, juntas em um só texto, não deixa de provocar em mim um arrepio de fé e de saudade. E não há como não compartilhar este arrepio.

Autor: Catherine Beltrão