As Fridas de Luiza

Estamos na semana de Frida Kahlo (1907-1954).  Ícone da pintura mexicana, Frida nasceu em Coyoacán no dia 6 de julho e morreu na mesma cidade em 13 de julho. Luiza Caetano, pintora e escritora, nasceu em Mafra, Portugal, em 1946. A primeira eu não conheci. A segunda, tive esta felicidade em 2001.

FridaeDiego

Frida Kahlo e Diego Rivera, em 1949.

A vida de Frida Kahlo se resume a uma sucessão de tragédias. Quando criança, foi vítima de poliomielite que lhe afetaria a perna direita e aos 18 anos sofreu um grave acidente automobilístico que dilacerou seu corpo e a levou a sofrer mais de 30 cirurgias durante sua vida. Começou a pintar durante a convalescença em sua cama.  Casou-se duas vezes com Diego Rivera (1886-1957), expoente da pintura muralista mexicana. As cirurgias não permitiram Frida exercer a maternidade. Teve três abortos. “A pintura tem ocupado minha vida. Perdi três filhos e uma série de coisas que poderiam ter preenchido a minha vida horrível. A pintura substituiu tudo. Eu acho que não há nada melhor do que trabalhar.” Teve também casos amorosos com homens e mulheres, entre eles o marxista Leon Trotsky. Um ano antes de morrer, sua perna direita foi amputada por gangrena. “Para que pés, se tenho asas para voar?”

Sem dúvida alguma a vida trágica e a força da sua pintura fazem de Frida Kahlo um dos personagens mais emblemáticos da História da Arte. A coragem com a qual ela enfrentou suas dores e seus amores provocam reflexão e admiração. É o que acontece com Luiza Caetano, a excelência na arte naïve e cuja alma apresenta o mesmo DNA de Fernando Pessoa.

Luiza - Frida e Diego

“Diego Rivera e Frida Kahlo”, de Luiza Caetano. 2002, ast. Obra doada pela autora para o Museu ArtenaRede.

Luiza Caetano, que se define “órfã de pais, filhos e maridos“, retratou Frida Kahlo várias vezes. Uma dessas obras, a artista doou para o Museu ArtenaRede, sendo hoje uma das mais importantes do acervo do Museu, contundente até, ultrapassando qualquer estilo ou escola a que possa pertencer.

Tentei achar poemas de Luiza sobre Frida. Não achei. Isto não significa que não existam. Só não consegui achar. Por isso, resolvi aliar algumas das pinturas que Luiza fez de Frida a poemas de Luiza que não se referem a Frida.

Luiza_Frida4

“Seis rosas”, de Luiza Caetano

Luiza_Frida2

“Frida Kahlo com pássaro – meu tributo”, de Luiza Caetano

RASTRO DAS ESTRELAS

Assisto ao dobrar dos dias
dentro de cada madrugada,

Sinto a neve
sulcada em meus cabelos,
sorvo a chuva mágoa dos meus olhos
onde os lírios e a esperança
se rasgam em rugas cansadas
de gestos e de nadas.

Invento o dia que não chega
na pura ressonância
do esquecimento.

Órfã do teu sorriso
feito de promessas e de horizontes,
me deixo inesperadamente
apaixonar pelo rasto luminoso
das estrelas.

Luiza_Frida5

“Feridamente ferida”, de Luiza Caetano

Luiza_Frida1

“Ferida de Amor”, de Luiza Caetano

“PONTES”

Do lado esquerdo da vida
há uma ponte que te segue
Apenas metade de inteira
porque a outra, talvez perdida te pressegue na margem direita

braço estendido no horizonte
dolorido de tanta esperança
ferindo o espaço e a fonte
onde o desejo te espreita        e a sede não te alcança.

As Fridas de Luiza. Feridas e luzes. Frida e Luiza. Kahlo e Caetano. Duas mulheres que são oceanos. Ou universos. Na emoção e na expressão.

 Autor: Catherine Beltrão

14 opiniões sobre “As Fridas de Luiza”

  1. Sempre fico emocionada pela importância que sinto terem alguns temas que ao longo da vida desenvolvo.
    Importância tributada pelo Site Artenarede, eminentemente cultural, didático e pedagógico pois guarda e mostra obras de valor incalculável e de correntes diversas, tal como de artistas de grande craveira.
    Desta vez temos em Frida Khalo o verso e o reverso do que foi a sua vida – trágicamente marcada por acontecimentos que lhe doeram no corpo e muitos também na alma. Ela se foi pintando porque até isso ela tinha limites. Estava a maior parte do tempo amarrada em uma cama. Eu vi essa cama. Apalpei e cheirei – ali onde os odores dum México em revolução e onde se sentaram e refugiaram líderes políticos como Trostcky . Frida Khalo tinha uma convivência com os deuses e com os homens – porque era uma deusa. Uma mulher para quem a vida pouco mais valia que o seu Diego de Rivera, o seu partido comunista, a sua pintura e… viver intensamente cada minuto que os deuses lhe concederam.
    Foi-me permitido visitar essa mítica Casa Azul em Coyacan onde ávaramente bebi cada sorvo que pairava na atmosfera estranhamente bela desse ninho que foi de amor e de muita dor.

    Muito obrigado minha querida Catherine Beltrão que sempre agarra ambas as mãos as grandes causas.
    Luiza Caetano

    1. Difícil não ficar extasiada diante destas suas palavras fortes e plenas de sentimento vital. Não me engano quando justaponho você a Frida Kahlo, ambas mulheres corajosas, vivendo de dores e de amores, vivendo da Arte e para a Arte. Fico extremamente feliz em poder proporcionar-lhe alguma alegria, pois a felicidade que você já me proporcionou com suas obras – pinturas, poemas e textos – tem sido multiplicada através dos anos, a cada vez que me deparo com alguma coisa que vem de você. E creio que seja assim com todos os que tem a sorte de cruzar com o seu caminho. Muito obrigada, Luiza Caetano!

      1. Os temas são sempre o tema essencial à volta do qual giramos neste doar palavras que nos tocam e nos beijam e nos deixam a todos um pouco mais ricos de viver.

        Maravilha este tema da Frida Khalo, que nos enrredou numa bela teia das palavras, de sentimentos e de amizades.
        Bem haja, Catherina

  2. Muito interessante esta página dedicada à grandiosa Frida Khalo, com as Fridas tão bem retratadas pelo olhar de Luiza Caetano.

    Frida e Luiza ” oceanos na emoção e na expressão”, sem dúvida !
    Bem-haja!

    1. Obrigada, Maria Conceição! Frida e Luiza, mulheres fortes e corajosas, vivendo da Arte e para a Arte! Deusas definitivas, cuja obra devemos compartilhar sempre. Um grande abraço!

    2. Os verdadeiros amigos trilham os caminhos ao nosso lado conhecendo as dores de parto que muitas vezes os artistas sentem antes de darem á luz.
      Assim é a amiga São Sendim que sempre me deixa tocada pela sua delicadeza e lealdade.
      Obrigado Tramontina

    1. Marcos Andrade é amigo de longa, longa data. Esteve no lançamento do meu 1º livro com sua companheira e sempre está presente por palavras e por carinhos.

      É o meu amigo do lado de lá do Atlântico que sempre se faz presente.

      Muito obrigado Marcos Andrade.

  3. Sinto dentro de meu coração, que o que une as pessoas é um grande amor fraterno,não é a fama, não é o dinheiro,não é a aparência, é sempre o amor. Tenho uma ligação de amor profundo com Luiza Caetano, o amor pela amizade, pela arte, pela literatura, mas o grande amor a Portugal, a terra de nós duas. Luiza Caetano, retrata Frida Khalo com a criatividade de sua alma, assim como retrata Florbela Espanca, Fernando Pessoa, Eça de Queirós e tantos outros símbolos do amor às artes em todas as suas nuances. Assim como escreve Catherine Beltrão, não tive a honra de conhecer Frida Khalo, nem Florbela Espanca, muito menos Fernando Pessoa ,assim como Eça de Queirós, e tantos outros, mas tenho a grande honra de conhecer todos eles através da arte de Luiza Caetano e de ser sua amiga. Posso garantir que é uma alma de puro amor . Passa para as telas todo esse amor. Fico extremamente feliz, quando vejo seu trabalho ser reconhecido cada vez mais, que bom podermos prestar todas as homenagens a ela, para que possa sentir o quanto é amada por todos nós. Obrigada Luiza Caetano, por existir. Obrigada ArtenaRede de Catherine Beltrão.

    1. Este coração jamais se calaria se quisesse explanar todo o sentimento que me nutre por Dolores Jardim.

      Uma imensa amiga!
      Uma carinhosa irmã!
      Uma deusa de mil amizades, atenções e carinhos onde sempre vou buscar forças para continuar (quando o desalento bate á porta) e ela lá está pronta a me ajudar seja no que for.

      Posso viver muitos anos, que jamais terei tempo de retribuir por palavras, atos e gestos – porque ela se nega a não ser mais que uma mão protetora , solidária e absolutamente desinteressada de algo mais que não seja a sua dádiva.
      Então eu deveria me sentir muito feliz (e sinto) – se não fossem as angústias laminadas duma vivência inquieta e desassossegada – mas isso é-me inerente com o ar que respiro.
      Minha Adorada Amiga-Irmã Dolores Jardim.

    2. Dolores, você disse uma coisa da maior importância e verdade sobre Luiza Caetano: ela, Luiza, nos permite traçar um caminho direto entre nosso coração e os corações destes seres mais do que especiais, que são a Frida Kahlo, o Fernando Pessoa, a Florbela Espanca, o Eça de Queiroz e eu acrescentaria mais uma, a Amália Rodrigues… Através da arte de Luiza Caetano, podemos chegar mais perto daquilo que todos eles queriam dizer. Coisa sensacional, isso!

  4. É de uma sensibilidade tocante.A vida destas duas mulheres são pura emoção com a fantasia, da vida no sofrimento das palavras,das letras e da pintura.É uma entrega total.e acredito que só mesmo a Luiza Caetano tem todo ardor de nos presentear com todo este encontro da realidade ,que só os amantes da arte conseguem sentir nas entranhas das épocas.

    1. Estimada e querida amiga
      Carmen Laranjeira fiquei emocionada pelo seu lindo testemunho. Creia-me muitíssimo grata – pois sei que não veio aqui para fazer bonito, mas num gesto de grande solidariedade cultural e onde deixa bem expressa a sua sinceridade e admiração – algo que manifesta gratuítamente e de forma notável.

      Creia-me muitíssimo grata
      Bem Haja pelo lindo testemunho.

  5. Luiza Caetano , é a vida linda de um coração único , com a sensibilidade do ar que se respira, de uma pena a voar ao vento, enquanto pinta se mistura de corpo e alma com o personagem . Temos cá nossa Frida , Luiza Caetano , quase que a pensar e sentir como Frida pensou , viveu , sofreu e sentiu do mais profundo de seu âmago , enfrentando a sua alma dorida , guerreira…
    Luiza Caetano sou imensamente grata por tuas pinturas e poemas que rasgam minh’alma fazendo transbordar , o amor maior minha amiga vida linda, Luiza Caetano!
    Grata por ton existence dans ma vie!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>